Benefícios do Cravo da Índia (Caryophyllus aromaticus)

Benefícios do Cravo da Índia (Caryophyllus aromaticus)
O cravo da índia (Syzygium aromaticum) igualmente conhecido como cravinho é uma especiaria tal como a canela e a baunilha. É proveniente da Indonésia e é pode-se comprar em qualquer supermercado. É muito rico em nutrientes e em óleos essenciais, que permitem tratar o corpo e a mente.  Contém eugenol, uma substancia responsável por muitos dos seus benefícios, contém também trans-cariofileno, acetato de eugenila e a-humuleno.
Têm uma grande quantidade de minerais, entre eles: potássio, ferro, manganês, selênio e magnésio. Acrescenta ainda uma boa quantidade de vitaminas: vitamina A, C, K e betacaroteno.

Propriedades terapêuticas: cicatrizante, carminativo, digestivo, antisséptico oral, analgésico, antiespasmódico, antiviral, expetorante, anti inflamatório, termogênico.

Indicações terapêuticas: dores de dentes, dores de cabeça e dores reumáticas, inflamação da garganta, tosse, bronquite, otite, náuseas, herpes, candidíase oral, hipotiroidismo, micose, perda de peso.

Propriedades e benefícios do cravo da índia


O simples ato de mastigar cravo da índia pode trazer muitos benefícios à saúde, elimina parasitas intestinais, melhora a saúde da boca e ajuda a digestão.

Melhora a saúde oral: A sua mais conhecida aplicação é como analgésico e antisséptico, age contra as bactérias nocivas, alivia os quadros de dor, tira o mau hálito e refresca a boca. O cravinho é muito usado pelos dentistas na forma de óleo essencial e entra na composição de remédios contra as dores de dentes. Pode igualmente utilizar-se para tratar problemas de herpes e candidíase oral (sapinho) devido às propriedades antivirais.

Alivia a dor: O cravo da índia atua contra a dor de de cabeça, cólicas menstruais, dores de garganta. No modo de uso externo o óleo essencial de cravinho diluído num óleo vegetal, é excelente em massagens. Serve para aliviar espasmos musculares, dores nas articulações e dores reumáticas, devido à sua ação analgésica e antiespasmódica.

Estimula a digestão: O cravo da índia é um estimulante das funções digestivas, aumenta a produção de saliva, com isso ele melhora a digestão, permite uma melhor absorção dos nutrientes e melhora o transito intestinal. No todo o sistema digestivo funciona melhor, elimina as toxinas com mais perfeição e favorece a queima de gorduras.

Retarda o envelhecimento precoce: O cravo da índia é rico em substâncias antioxidantes como o betacaroteno e o selênio, age como anti oxidante, que permitem retardar o envelhecimento precoce e evitar algumas doenças resultantes da oxidação das células, provocadas pelos radicais livres, entre elas o cancro.

Trata doenças fúngicas: O cravinho entra na composição de alguns medicamentos indicados ao tratamento de fungos, fungos das unhas e micoses. No tratamento caseiro  é recomendado aplicar o óleo de cravinho sobre a superfície afetada.

Preparação do chá de cravo da índia


3 colheres de sopa de gengibre ralado
1 litro de água
1 colher de sopa de cravo da índia
Leve um litro de água a ferver e quando ela alcançar a fervura junte o cravo da índia. Tape e deixe a infusão em repouso por 10 a 15 minutos.
Se pretender uma infusão com ação termogênica, adicione 3 colheres de sopa de gengibre ralado juntamente com o cravinho após a fervura da água.
Se pretender melhorar a digestão, tome uma chávena de chá meia hora antes de cada  refeição.

Repelentes caseiros com cravo da índia


Repelente para a casa: Ferva uma pitada de cravinhos e deixe os vapores invadirem a casa, além do seu efeito de repelente de mosquitos, também ajuda a desodorizar e a desinfetar o ambiente.

Repelente caseiro para a pele: Junte álcool (500 ml) com o cravo-da-índia (10 gramas) num recipiente escuro e tape. Deixe-o fechado e coloque-o ao abrigo da luz por quatro dias. Durante esse período, sacuda a solução duas vezes ao dia. Ao quinto dia coe o preparado e acrescente o óleo de amêndoas (100 ml), agitando ligeiramente. Coloque o repelente num pulverizador e aplique na pele.

Curiosidades sobre o cravo da índia


Nomes populares: cravinho, cravo da índia, girofleiro, cravo aromático, cravo de cabecinha, cloves (inglês), clou de giroffle (francês).

O cravinho entra na composição da bebida “Mulled wine", um vinho tinto quente enriquecido com especiarias como canela, pimenta, casca de laranja e açúcar e que se bebe pelo Natal e pelo Halloween.

Na cozinha o cravinho também dá o ar da sua graça, é conhecido por agregar o sabor forte às receitas. Ele combina bem com fruta cozida, com uma grande diversidade de doces, principalmente os doces de Natal, salgados, carnes de caça, refogados e caril.

Contra indicações e malefícios do cravo da índia


Não é recomendado a mulheres gestantes ou em fase de amamentação e crianças com idade inferior a 6 anos. O consumo em excesso deve ser evitado por pessoas que sofram de problemas gastrointestinais fortes, doença de crohn e síndrome do intestino irritável.
O óleo de cravinho em doses não terapêuticas pode irritar as mucosas.

Benefícios dos coentros

Benefícios dos coentros

O coentro (Coriandrum sativum) é uma planta herbácea originário da Europa e de algumas regiões da Asia. Além de ser utilizado como condimento, esta planta aromática têm sido objeto de alguns estudos científicos relativos à sua ação medicinal.

Os coentros são ricos em vitaminas A, B, C e niacina, são uma excelente fonte de fibras dietéticas, ferro, manganês e magnésio. Têm quaro vezes mais caroteno e três vezes mais cálcio que a salsa. Ao contrário das folhas, as sementes de coentros , mas em contra partida possuem um grande teor de minerais como cálcio, fosforo e magnésio, potássio, manganês, sódio, zinco e selênio.

Propriedades medicinais do coentro: diurético, antiinflamatório, antiespasmódico, carminativo, calmante , tonificante, sedativo, digestivo. Na Índia são considerados afrodisíacos.

Indicações terapêuticas dos coentros 


  • Combatem a fadiga
  • Tratam aerofagia (causadora de arrotos e flatulência), 
  • Aliviam as dores das articulações e de reumatismo, inclusive as dores de origem nervosa
  • Combatem enjoos, vômitos, cólicas e gases intestinais.
  • Tratam problemas de ansiedade, nervosismo e excesso de apetite.
  • Aliviam dores de cabeça e enxaquecas.
  • Combate os desconfortos do estômago, a má digestão, espasmos, diarreia e cólicas.
  • Reduzem o nível do colesterol
  • Auxiliam no controle de diabetes
  • Regulam o período menstrual

Principais benefícios dos coentros


As sementes de coentros são um excelente digestivo, estimulam a secreção gástrica , auxiliam a digestão, aliviam dores de estômago, gazes e vômitos. Uma das maneira de conseguir estes benefícios é mastigando-as após a refeição. Uma qualidade que também encontramos nas Sementes de funcho.

Os coentros têm uma importante ação antioxidante. Combatem os radicais livres, previnem o envelhecimento precoce, aliviam os sintomas de diversas doenças instaladas e diminuem os processos inflamatórios, inclusive o cancro.

As folhas de coentros ajudam a eliminar os metais pesados do organismo, sabendo-se de antemão que este é um problema dos tempos modernos. Os metais pesados estão presentes no peixe que consumimos (Os perigos escondidos no peixe), nos desodorizantes, em águas contaminadas e quando somos expostos ao fumo do tabaco.

As folhas de coentros têm uma importante ação anti inflamatória, seja no modo interno, seja no modo externo. Tomar chá de folhas ou sementes de coentros alivia vários tipos de inflamações, como dores de garganta, problemas estomacais ou intestinais,
No modo tópico são utilizadas as folhas de coentros amassadas e aplicadas sobre inflamações da pele, dores musculares, dores reumáticas e luxações.

Chá de coentros emagrece? Os coentros auxiliam as dietas de emagrecimento, porque facilitam o trabalho do figado na eliminação de toxinas,  reduzem as inflamações e consequentemente levam a um menor acumulo de gordura. Além disso as folhas de coentros contém limoneno, uma substancia capaz de inibir o acumulo de gorduras, principalmente na região abdominal.

Chá de coentros


Chá de sementes de coentros:
1 colher de sopa de sementes de coentros
500 ml de água
Leve a água a ferver, depois de ela alcançar a fervura verta-a sobre as sementes de funcho, tape e aguarde 15 minutos. Coe e se preferir adoce com mel. Beba esta infusão preferencialmente após as refeiçoes.

Chá de folhas secas de coentros:
2 colheres de chá de folhas secas
250 ml de água
O procedimento é parecido ao anterior. Leve a água a ferver, verta-a por cima das folhas e mantenha abafado por 10 minutos. Coe e beba de seguida.

Contra indicações e efeitos colaterais do coentro


Apesar do coentro não ser uma planta toxica, em grandes quantidades pose causar alumas pertubações. Pode causar aborto, apesar de os riscos serem baixos, é recomendada  moderação na ingestão de coentros nos primeiros três meses de gravidez.

Quando usada em grandes quantidades a planta pode apresentar um efeito narcótico. O óleo de coentros pode causar fotossensibilidade ou reações alérgicas.

O coentro têm ação anti fertilidade: Tomar extratos ou preparados de coentros regularmente reduz as possibilidades de engravidar. Ele pode impedir do óvulo fecundado de se fixar no útero. Contudo esta ação não é 100% garantida, tomar a planta como anticoncepcional pode não ser um modo confiável.

Curiosidades sobre os coentros


Na idade média as sementes de coentros eram empregues na elaboração de uma bebida fermentada semelhante à cerveja.
Os romanos utilizavam as sementes depois de secas, associadas a cominhos e vinagre para conservar as carnes.
Existe alguma confusão entre os coentros e a salsa, são duas plantas aromáticas com aspeto semelhante, mas os aromas e os sabores completamente distintos. Veja mais em: (Benefícios da salsa para a saúde)

Nomes comuns: coentro português, erva percevejo, salsinha, salsa árabe ou chinesa, coriandro, culandro, cilandro,coriandre (francês), coriander (inglês), cilantro (espanhol).

Como usar os coentros


Os coentros fazem parte da dieta mediterrânica, as folhas frescas enriquecem pratos de peixe, marisco, frutos do mar, molhos, guisados, sopas, saladas, ligam muito bem com as famosas ameijoas à bulhão pato, combinam bem com açorda. Tanto as folhas frescas dos coentros como as da salsa neutralizam o hálito do alho.

As sementes inteiras são usadas na preparação de conservas e pickles. Esmagados, são usados no tempero de pratos de carne, licores, pães e vários tipos de doçaria.

O óleo essencial é utilizado na aromatização de bebidas e na cosmética é utilizado em perfumes.

Os coentros são muitas vezes confundidos com a salsa, porém não há como confundir, a começar pelo odor, a salsa possui uma aroma mais delicado, já os coentros têm um odor que é associado a percevejos e as folhas da salsa são mais recortadas. Leia também: Os benefícios da salsa.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...