16.11.15

Benefícios da romã

Benefícios e propriedades da romã

A romã, é uma fruta preciosa conhecida como símbolo da abundância, da união e da fertilidade, devido às suas características morfológicas.
Destaca-se pelo seu alto teor de vitamina C, A,  E , vitaminas do complexo B,  ácido fólico, potássio e polifenóis.
Contém também flavonóides, ácidos fenólicos, acidos graxos e taninos, entre outros.

Uma fruta com fortes poderes antioxidantes, é uma potente aliada contra o cancro, as doenças cardiovasculares e outro males que advém do envelhecimento precoce.
Contém ainda propriedades anti virais, anti bacterianas, antitumorais e acredita-se que nela como uma fruta que ajuda a prolongar a longevidade.

Principais vantagens do consumo da romã


A ingestão regular da romã contribui para a saúde cardiovascular, ajuda a baixar o colesterol e previne o envelhecimento precoce e propicia a boa circulação do sangue. Acredita-se que consegue reduzir os riscos até 30% da incidência do enfarte.

A romã é uma excelente auxiliar na prevenção dos problemas orais e na redução da placa bacteriana. Este facto deve-se ao seu teor de tanino e às suas propriedades anti bacterianas e anti virais.

As romãs têm propriedades que ajudam a limitar a danificação das células, principal causa do desenvolvimento do cancro. Esta característica anti cancerígenas dão-se pelo facto desta fruta conter ácido gálico, elágico e protocatequínico. Estudo feitos nos Estados Unidos mostra que a associação destas três substancias, aínda ajuda a reduzir a velocidade de multiplicação das células cancerígenas.

As sementes desta fruta, as que estão contidas nos pequenos bagos rosados têm propriedades fitoestrogénicas, que auxiliam nos descontroles hormonais, entres eles os da menopausa.

No passado o chá da casca de romã era usada como antibiótico. Sendo esta prática ainda utilizada hoje por seguidores da medicina alternativa.

As folhas da romãnzeira, usadas em infusão aliviam problemas digestivos e a irritação ocular. Já a infusão da casca da romã em forma de gaguejos, auxilia nas infecções de garganta.
As infusões da raiz e da casca do tronco são usados no combate dos parasitas intestinais, incluído a ténia.

Chá de casca da romã 


As infusões da casca da romã, funciona pelas propriedade bactericidas, anticépticas e anti inflamatórias. Acções essas que ajudam nos processos inflamatórios e no controle dos microorganismos causadores das perturbações indicadas. É óptima nos problemas da garganta, sendo até indicado às pessoas que utilizam as vos profissionalmente.

Garganta inflamada e irritada

Ferva uma chávena de água com 6 gramas de casca de romã por 2 ou 3 minutos. retire do lume e deixe abafado até amornar.
Faça gaguejos com a infusão mais de 3 vezes ao dia.
Dores de garganta

Contra vermes intestinais

Leve ao lume a quantidade de um copo de água, juntamente com 3 colheres de sopa de casca de romã. Mantenha até levantar fervura. Desligue o lume e mantenha tapado até amornar. Coe e beba. Tome um copo 3 vezes num dia. No dia seguinte tome um laxante, de forma a eliminar mais rapidamente os vermes.

Gengivite e outros problemas orais

A função desta infusão é fortalecer as gengivas. Faça uma infusão com 30 gramas de casca de romã e um litro de água. Bocheche a boca duas vezes ao dia.

Controle da gastroenterite

Ferva 50 gramas de casca de romã com um litro de água. Beba 4 chávenas ao dia
Nenhum comentário:
Postar um comentário

LinkWithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...