Benefícios da Cavalinha (Equisetum arvense)

Benefícios do Chá de Cavalinha Equisetum arvense
A cavalinha Equisetum arvense é uma erva que conta com mais de 300 milhões de anos e será provavelmente uma das formas de vida mais antigas do mundo vegetal. A sua aparência faz lembrar um pequeno pinheiro, razão pela qual um dos seus principais nomes populares: pinheirinha.

É uma das plantas mais utilizadas para fins medicinais, é usada como remédio fitoterapêutico no tratamento de diversas problemas de saúde. Ela é rica em várias substancias importantes como silício, cálcio, vitamina C, fosforo, potássio, ferro. Possui ação anti inflamatória, anti reumática, diurética, adstringente, desintoxicante, cicatrizante, revitalizante, anti hemorrágica.

Principais indicações da erva cavalinha



  • Reduz o ácido úrico
  • Controla doenças provocadas por fungos
  • Atenua os sinais da artrose e da artrite
  • Reduz vários tipos de hemorragias
  • Auxilia no tratamento da osteoporose
  • Ajuda a tratar a celulite
  • Melhora o aspecto da pele
  • Reduz o acne e a rosácea
  • Fortalece o cabelo e as unhas
  • Estimula a cicatrização e recuperação da pele
  • Reduz a inflamação das articulações
  • Regula a tensão arterial alta
  • Ajuda a emagrecer
  • Auxilia nos tratamentos de tuberculose
  • Reduz a inflamação da próstata
  • Trata hemorroides


Benefícios e propriedades da erva cavalinha



➢Melhora a saúde da bexiga: A infusão de erva cavalinha é uma poderosa aliada das doenças da bexiga, seja de infeções ou incontinência urinária. Conta com uma forte ação diurética, estimula o funcionamento dos rins e potencia a desinflamação de quem sofre de retenção de líquidos.

➢Acela a cicatrização da pele: Quando amassada e aplicada de maneira tópica, a cavalinha acelera a recuperação e a cicatrização de feridas, queimaduras, frieiras e aluns tipos de irritações e doenças da
pele. A sua ação adstringente também revela eficacia na redução da oleosidade da pele e no tratamento do acne, quado aplicada localmente sob a forma de cataplasma.

➢ Auxilia na saúde dos ossos: Ajuda a combater doenças como artrite e artrose. A cavalinha é uma das plantas com maior concentração de silício, uma substancia que melhora a estrutura das articulações e as torna mais fortes Conta ainda com ação remineralizante, participa na regeneração dos ossos, fortalece as unhas e o cabelo. Além disso estimula a síntese do colagênio existente nos ossos e conjuntivo e permite facilitar a formação de cartilagem nas articulações.

➢ A cavalinha é um potente anti inflamatório: O seu consumo regular da cavalinha, reduz as dores e propicia o alivio de certas inflamações das articulações provocadas pelo reumatismo, artrose ou artrite. Auxilia também no tratamento da gota e reduz a inflamação da próstata.

➢ Melhora o aspecto da pele, cabelos e unhas: Como já foi referido a cavalinha conta com silício, esta substancia além de melhorar a saúde dos ossos, também permite atenuar os sinais do tempo na pele, como rugas, linhas de expressão e flacidez. O silício permite aumentar a produção de colagênio, que ajuda a manter a integridade e flexibilidade da pele, unhas e cabelos.

➢ Controla vários tipos de hemorragias: A cavalinha têm ação hemostática (Reduz hemorragias), regula as menstruações abundantes, hemorragias nasais, hemorragias do estomago, hemorroides  e outras. Conta ainda com ação anti inflamatória que ajuda a aliviar as dores das hemorroides.

➢ Auxilia no tratamento da celulite: A erva cavalinha ativa a circulação de sangue, ajuda a oxigenar a pele e consequentemente leva a uma melhoria dos aspecto da pele com celulite. Neste caso é recomendado o banho de imersão ou a aplicação de cataplasmas na zona a tratar.

➢ Elimina piolhos e ácaros do cabelo: A cavalinha é um excelente remédio natural contra este tipo de parasitas, possui propriedades que ajudam a mantê-los afastados. O procedimento passa por enxaguar os cabelos com a infusão de cavalinha 3 vezes por semana.

➢ Chá de cavalinha emagrece: Aumenta o metabolismo e promove a queima de calorias, conta também com ação diurética, que ajuda a eliminar toxinas, ajuda a desinflamar o corpo e evita a retenção de líquidos.

➢ Controla doenças da pele: Devido à sua ação antibacteriana e ao seu alto teor em sílica que controla doenças provocadas por fungos, a cavalinha é uma excelente aliada no tratamento de várias enfermidades da pele nos seres humanos e nos animais.


Como fazer o chá de cavalinha



Leve 500 ml de água ao lume e quando ela atingir a fervura junte 2 colheres de sopa de cavalinha picada e retire do fogão. Mantenha a infusão tapada e abafada por uns 5 minutos. Coe e beba o chá o de cavalinha frio ou morno. O ideal é beber duas chávenas de chá ao dia, por um máximo de 6 semanas.

Poderá consumir este chá em forma de sumo. ou seja, faça o seu sumo habitual adicionando a infusão de cavalinha na vez da água, é muito fácil de preparar e possui todas as vantagens do consumo de cavalinha associadas aos benefícios do abacaxi e da hortelã (Benefícios da hortelã).
➢ Coloque 200 ml de chá de cavalinha, 1 rodela de abacaxi,  2 folhas de hortelã e accione o liquidificador. Se pretende uma bebida refrescante poderá adicionar umas pedras de gelo, o importante é que beba este sumo sem coar.

Curiosidades sobre a cavalinha


Benefícios do Chá de Cavalinha Equisetum arvense
Outras utilidades da cavalinha: Ela é utilizada em agricultura biológica no controle de pragas, de doenças fúngicas e bacteriológicas da horta e do pomar. (Calda de cavalinha contra doenças fúngicas e insectos)

O percurso da cavalinha: Já vêm sido utilizada desde a época de Cristo, nessa altura já se valorizava a sua capacidade hemostática (faz sustar as hemorragias). Na idade média foi utilizada pelo seu poder anti inflamatório e cicatrizante. No século XVIII Offmann recomendava a cavalinha a pacientes com pedra nos rins. Na antiguidade a cavalinha era utilizada com o intuito de fortalecer os pulmões fragilizados por doenças como a tuberculose.

Riscos da cavalinha: Apesar de todos os benefícios que a cavalinha apresenta à saúde, ela pode ser perigosa para os animais como gado equino, cães, gatos, coelhos, vacas ovelhas, entre outros. Quando ingerida ela pode causar irritações no tubo intestinal, diarreia sangrenta, abortos e pode inclusive levá-los à morte por emagrecimento .

Nomes populares da cavalinha: é igualmente conhecida por pinheirinha, cauda de cavalo, cauda de raposa, erva canuda, rabo de cavalo, cavalinha do campo, equiseto ou cola de cavalo, milho de cobra, cana de jacaré.

As partes utilizadas da planta são os caules estéreis e as suas folhas. A cavalinha pode ser usada verde ou seca, contudo fresca é mais eficaz. A colheita deve ser feita nos meses de verão.

Contra indicações do consumo de cavalinha


O chá de cavalinha não deve ser consumido por crianças, mulheres grávidas ou que estejam a amamentar, pessoas que sofram de pressão baixa ou que tenham problemas renais. Quanto tomado à noite o chá de cavalinha pode provocar insonia.

Efeitos colaterais: Quando consumida por um período longo, a cavalinha pode levar à deficiência de vitamina B1, dificuldades em engolir, cefaleias e anorexia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...