Hipericão - Erva de São João

Benefícios do chá de Erva de São João  ou Hipericão

O hipericão (Hipericum perforatum) também conhecido por erva de São João, é uma planta herbácea perene que pertence à família das hypericaceae. Ele têm uma longa historia de usos medicinais, principalmente pelo seu efeito antidepressivo, já é usado desde a Grécia antiga como medicamento e Hipócrates também conhecia os seus efeitos, usava o hipericão no tratamento das doenças mentais. Atualmente é uma das plantas mais importantes da naturopatia, não só pelo sua ação antidepressiva, mas também pela sua eficiência em tratar feridas, ulceras da pele e queimaduras, entre outros.

Propriedades medicinais: antidepressivas, ansiolíticas, analgésicas, antioxidantes, antivirais, antibacterianas, antissépticas, cicatrizantes, antiespasmódicas, adstringentes, digestivas, colagogas, dietéticas, expetorantes, sedativas, estimulantes e vermifugas.

Indicações terapêuticas: Depressão, insonia, ansiedade, problemas da vesícula biliar, doenças do figado, colesterol alto, diabetes, gastrite, diarreia, dores musculares e reumatismo, feridas e outras lesões da pele.

O hipericão (Hipericum perforatum) não deve ser confundido com o hipericão do Gerês (Hipericum androsaemum), apesar de terem o mesmo nome têm indicações terapêuticas diferentes. O hipericão do Gerês é muito usado nas doenças do figado, cólicas e cistites.

Principais indicações terapêuticas do Hipericão ou Erva de São João


Atividade antidepressiva: O hipericão possui importantes propriedades terapêuticas comprovadas cientificamente, que ajudam a tratar a depressão leve a moderada, pertubações psíquicas, ansiedade e insonias. Esta planta medicinal têm até vindo a substituir antidepressivos clássicos e a sua eficiência já lhe valeu a alcinha de prozac natural. Artigo relacionado: Aspectos botânicos, químicos, terapêuticos e farmacológicos do Hypericum perforatum L

Ajuda a manter o equilíbrio hormonal: O hipericão têm compostos ativos que ajudam a estabilizar e a regular as flutuações hormonais. Esta característica é particularmente útil nos sintomas da pré menstruais, da menopausa e do hipotiroidismo. A planta demonstrou reduzir os sintomas de hipotiroidismo, ajudando a glande da tireoide a segregar o nível normal de hormonas.

Trata feridas, eczemas e vários tipos de lesões da pele: No modo tópico o chá do hipericão é ótimo para lavar feridas e lesões, ele é antisséptico, analgésico, anti inflamatório, cicatrizante e antibacteriano. Ajuda a desinfetar as lesões, inibe o desenvolvimento de bactérias e outros micro organismos, ajuda a estancar o sangue, alivia a dor, a inflamação e acelera o processo de cicatrização.

Alivia as dores musculares, articulares e do reumatismo: É indicado mergulhar um pano na infusão morna de hipericão e colocar sobre a zona dolorida. Poderá também massagear a região dolorida com óleo de hipericão, uma a duas vezes por dia.
Preparação do óleo de hipericão: Colha a ponta dos ramos floridos de hipericão numa manhã seca. Pise-os num almofariz. Coloque num frasco transparente, cubra com óleo vegetal e agite. Coloque o frasco numa janela ensolarada durante pelo menos 10 dias, tendo o cuidado de agitar de vez em quando.

Apresenta atividade hipoglicemiante: Alguns estudos relacionaram a toma de extrato de hipericão com uma redução dos níveis glicêmicos num curto espaço de tempo.

Colheita e preparação do chá de hipericão


Não deve ser ultrapassada a dose de duas gramas por dia, sendo o ideal dividir esta quantidade por duas tomas. Coloque duas colheres de chá de hipericão em 500 ml de água fervente e deixe repousar por 5 minutos. Coe a infusão e beba duas chávena de chá de hipericão por dia após a refeição. Consulte o seu médico antes de iniciar um tratamento com esta erva medicinal.

O hipericão floresce de Maio a Agosto e deve ser colhido quando está em flor. Se o cultivar no seu quintal convém recolhe-lo antes da semente se formar. Esta planta têm tendencias invasoras pelo que facilmente se torna numa erva daninha.

O hipericão além de usado o modo de chá, também é usado sobre a forma de comprimidos, cápsulas, extratos líquidos e pomadas.

Contra indicações e efeitos colaterais do Hipericão 


Quando tomado em excesso o hipericão pode provocar efeitos colaterais como: sensibilidade à luz, cansaço, dores de cabeça, boca seca, náuseas, diarreia, dores de estômago e tonturas.
Convém evitar  a exposição solar durante o periodo de utilização. O hipericão contém hipericina, uma substancia que além das propriedades antidepressivas, têm também um forte efeito fotossensibilizador, quando consumida em excesso pode provocar uma severa sensibilidade à luz.

Quem não deve tomar hipericão:
A planta têm efeitos abortivos, não é indicada na gravidez.
Mulheres em processo de amamentação.
A conjugação do hipericão com suplementos de aminoácidos deve ser evitada, por ser considerada perigosa.
Não deve ser tomado por doentes transplantados, já que a planta interfere com os medicamentos imunodepressores,
Portadores da doença bipolar.
Não deve ser tomado nas datas próximas a cirurgias nem depois, sob o risco de potenciar hemorragias.

Interação do hipericão com os medicamentos convencionais:
O hipericão pode diminuir a ação de alguns medicamentos como: anticoncepcionais, anticoagulantes, antidepressivos,  medicamentos anticancerigenos, imunodepressores, antigripais, fortalecedores do músculo cardíaco e medicamentos para HIV.

Curiosidades sobre a erva de São João ou Hipericão


O hipericão é também conhecido por erva de São João, este nome é inspirado numa crença crença popular. A planta encontra-se florida  a 24 de Junho, o dia de martírio de São João Batista, além disso as suas flores quando esmagadas libertam uma seiva vermelha que é referida como uma representação do sangue do mártir.

Há também quem defenda que a planta tenha recebido nome de Erva de São João pelo facto de ter sido usada no tratamento das feridas e das lesões dos cavaleiros cruzados de São João de Jerusalém.

Dentro das crenças misticas, acredita-se que as flores do hipericão colhidas antes do nascer do sol do dia de São João, oferecem poderes e proteção contra feitiçarias, fantasmas e espíritos malignos.

Nomes vulgares: Hipericão, erva de S. João, capelas de S. João, hipericão kneip, hipericão fêmea, hipericão bravo, pericão, piricão, hipérico, milfurada, milfurado, paparicão fêmea, St John`s Wort (Inglês), Millpertuits (Francês).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...