Benefícios da Anona e da Graviola

Benefícios da Anona e da Graviola
A anona (Annona cherimola), também conhecida por fruta do conde, é uma fruta de polpa branca adocicada, com várias sementes pretas no seu interior. A casca é verde e apresenta um aspecto escamoso.

A Gravila (Annona muricata) é um fruto maior que a anona, apresenta pele verde, com uma especie de picos moles na casca. A sua polpa é igualmente branca, e também possui sementes no seu interior, porém com um sabor mais ácido.

As duas variedades são ricas em vitamina C, vitaminas do complexo B, potássio, fosforo, cálcio, magnésio, ácido fólico e fibras.

Anona e Graviola na cura do cancro


Acredita-se na anona e na graviola como um fortes aliadas contra o cancro, falando-se nela como um fruto milagroso. Diz-se inclusive que os extratos da anona e da graviola têm uma ação 10000 mil vezes mais potente que a quimioterapia.
Os cientistas tentam comprovar a real eficiência dos extratos destes frutos no combate ás células cancerígenas, têm obtido resultados animadores. Porém  não há estudos científicos concretos em humanos que comprovem este "milagre". Podemos acreditar nas fortes propriedades medicinais destes frutos, mas "curas milagrosas" é um termo muito forte, que nos pode induzir em erro e levar a práticas que ponham em risco a nossa saúde.
Apesar de todas as incertezas e controversas, existem relatos que testemunham a eficácia do extratos de graviola. Porém não devem ser usados na forma preventiva, no entanto quando o cancro já se encontra estabelecido podem auxiliar no tratamento, visto que pode diminuir a incidência de tumores no organismo. Porém não deve ser usada como substituta dos tratamentos ajustados pela medicina.

Propriedades e benefícios da Anona e da Graviola


A anona e a graviola, inclusive as sementes e as folhas já são usadas pelos povos indígenas no combate de algumas doenças.
Entre elas destaca-se o controle do colesterol, tratamento do cancro, controle de infecções e na desparasitação. A eficiência da anona baseia-se nas suas propriedades: anti bacterianas, anti virais, antifúngicas, antissépticas, hepatoprotetoras e anti inflamatórias.

  • Auxiliam no tratamento de vários tipos de cancro, no modo curativo e não preventivo.
  • Combatem os distúrbios nervosos e têm efeitos anti depressivos
  • Ajudam a combater infecções bacterianas
  • Controlam a hipertensão (Veja também: Como controlar a hipertensão)
  • Têm ação purgante no organismo, ou seja têm efeito laxante
  • Combatem parasitas internos e externos
  • Tratam ferimentos externos
  • Fortalecem o sistema imunológico
  • Reduzem o ácido úrico
  • Diminuiem o colesterol LDL

As folhas também são utilizadas em chás medicinais, especialmente nas insônias e problemas de diabetes. Utilizam-se na na proporção de uma colher de sopa de folhas frescas, ou uma colher de folhas secas para uma chávena de água.
As sementes são usadas com insecticida, no combate de piolhos e pulgas, com uso alargado ao controle de pragas nas plantas.

Como se come a anona? Há várias maneiras de consumir estes frutos, ao natural,  na salada de frutas, na execução de bebidas, compotas e geleias, ou na elaboração de sobremesas variadas, gelados, bolos, etc.

Contra indicações da graviola e da anona


O consumo do chá das folhas e as sementes, não deve ser exagerado. Eles apresentam alguma citotoxicidade.  Tal como acontece com outras plantas, é preciso algum cuidado na toma prolongada da infusão. Existe a suspeita de que o consumo excessivo da infusão da folha da graviola ou da anona, possa levar a sofrer de Parkinson. 
Nomes popuares: Anona, fruta do conde, graviola, nona, chirimoia, coração de negro, chirimoyo, soursop (Inglês).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...