5.12.14

Benefícios da cebola, o super alimento ao alcance de todos

Benefícios e propriedades da cebola

A cebola cujo nome cientifico é Allium cepa, pertence à família das liliaceas, está ligada ao risco reduzido de cardiopatia, possui efeitos anti-inflamatórios e anticancerígenos importantes. Conhecida desde a antiguidade e considerada um dos remédios mais antigos.

O que deve saber sobre os benefícios da cebola 


É uma fonte importante do flavonol quercetina, um potente antioxidante. Sendo a sua concentração aumentada na cebola vermelha, depois na amarela. A cebola branca não contem este anti-oxidante.
A queratina protege dos danos causados pelos radicais livres e dos causados pelo mau colesterol LDL e ainda impede  a agregação das plaquetas.
Este antioxidante é ainda recomendado a pessoas com artrite. Alguns estudos mostraram que a queratina têm um forte potencial na redução da inflamação associada a artrite reumatóide.

A cebola propicia um notável aumento da actividade fibrinolítica do sangue ou seja dissolve os coagulos e dificulta a coagulação. Uma acção muito benéfica na prevenção do enfarte do miocárdio.

Estudos importantes indicam que a cebola é uma  importante fonte de flavonóis. Uma substancia com benefícios anti-inflamatórios, anti-cancerígenos, anti-alérgicos, anti-hemorrágicos e anti-oxidantes. Sabe-se também da sua actuação na saúde capilar, na queda do cabelo e na caspa.
Podemos encontrar os flavonóis em diversas plantas medicinais  o maracujá, ginco  o chá e o cacau. A ingestão desta substancia relaciona-se com a redução de problemas cardiovasculares.


Usos da cebola na saúde


Queda de cabelo e caspa: Incorporada nos champoos ou na elaboração de mesinhas caseiras têm surtido efeitos positivos nos problemas capilares.

Diabetes: Tome meia chávena de sumo de cebola. A cebola é rica em glucoquinina que é tida como uma espécie de insulina vegetal que quando ingerida pode ser uma grande ajuda nos diabetes.

Gripes e espectoração: Na hora de deitar coloque uma cebola cortada em cruz quatro vezes ou mais, na mesa de cabeceira e deixe toda a noite. A prática resulta muito bem com bebes congestionados ou com tosse.

Icterícia ou hepatite: Faça um chá com a casca externa seca, na razão de 1 copo de água para a casca de uma cebola.

Picadas de insectos: Aplique rodelas cruas na zona afectada.

Hemorragia nasal: Cheire uma cebola crua.

Clarear a voz: Coma 3 fatias de cebola crua temperada de limão e um pouco de sal.


O que deve saber sobre a cebola


As cebolas cruas são um imã para as bactérias, esta é a razão pela qual se aplica a cebola crua nas mesas cabeceiras.
Mas esse facto também nos indica que nunca se deve cortar a cebola e guardá-la. Armazená-la em taças herméticas ou sacas plásticas fechadas atenua os malefícios, mas não totalmente.

As cebolas na culinária


Usadas principalmente como condimento, as cebolas conferem um gosto especial à maioria dos pratos.
Usam-se cruas, fatiadas em saladas ou sandes, assadas ou em pizzas, sopas, caldos, estufados, molhos ou massas, elas são sempre as rainhas da gastronomia.
Nenhum comentário:
Postar um comentário

LinkWithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...