24.1.14

Benefícios da lichia a fruta que ajuda a perder a barriga

Benefícios e propiedades da lichia


Características e benefícios da lichia


Uma fruta pequena de pele rugosa com tonalidade rosada e polpa doce e suculenta, com origem na China, onde é muito utilizada na medicina tradicional. Por cá entre nós, os benefícios da lichia são cada vez mais valorizados, é uma fruta muito apreciada pela sua polpa branca suculenta e doce, que faz lembrar uma uva com um toque de rosas.
As qualidades da lichia não ficam pelo seu delicioso sabor, passam também pelos seus importantes benefícios na saúde. Trata-se de uma fruta com propriedades antioxidantes, rica em fibras vitaminas do complexo B, C minerais.

Tudo nesta fruta é aproveitado. Da casca da lichia faz-se um chá para aliviar dores de garganta, tosse, diarreia, desidratação e dores intestinais e os sintomas da varíola.
Já as sementes da lichia têm propriedades adstringentes, embora não esteja comprovado acredita-se que que tenham efeitos analgésicos. Depois de transformadas em pó usam-se para aliviar dores nos nervos, orquite (inflamação dos testículos) e problemas intestinais.

Principais propriedades e benefícios da lichia


Contém oligonol que influencia a perda de gordura abdominal. Estudos realizados em voluntários, numa universidade do Japão aos quais foram administrados estratos de lichia,   concluíram que em 10 semanas estes perderam 15% de gordura abdominal. 

➣Fortalece o cabelo, as unhas e previne o envelhecimento precoce. Como evitar a queda de cabelo
➣Auxilia a digestão, previne a prisão de ventre, hemorróides e cancro do cólon
➣Têm acção anti inflamatória, diurética e estimula os rins
➣Aumenta o sistema imunológico, combate doenças cronicas, estimula a cicatrização de feridas ➣previne a gripe e resfriados
➣É composta por proantocianidinas, que são importantes na redução do mau colesterol LDL e no ➣aumento do bom colesterol HDL. Previne doenças cardiovasculares, alergias,  inflamações e regula a pressão arterial


Contra indicações das lichias

Pessoas com problemas de insuficiência renal têm que ter particular cuidado no consumo deste fruto.

Segundo um estudo publicado numa revista de medicina "Lancet", a lichia possui uma toxina que inibe o organismo de produzir glicose e pode levar à hipoglicemia. Este estudo foi baseado na morte de milhares de crianças Indianas. Durante décadas morreram mais de 100 crianças por ano, depois de analisadas as circunstancias, verificou-se que que as vitimas tinham um ponto comum, um grande consumo de lichia e pobreza. Ou seja eram crianças pobres que passavam muito tempo sem comer e que comiam lichias de estômago vazio. As crianças apresentavam encefalopatia aguda e segundo este mesmo estudo estava associado a condições extremas, ou seja crianças que se apresentavam desnutridas e com baixos níveis de açúcar no sangue.
Nenhum comentário:
Postar um comentário

LinkWithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...