29.9.16

Beneficios do Ginkgo biloba

Beneficios  e propriedades do Ginko biloba

Ginko biloba uma das plantas medicinais mais reconhecidas, é utilizada pelos chineses há milhares de anos, para fins medicinais. Nos fins do século XX  foi o remédio mais usado e receitado pelos naturopatas.

Os estudos desta planta medicinal têm sido controversos e apesar das faltas de evidencias em algumas patologias acredita-se que o ginkgo biloba tenha a capacidade de melhorar a memoria, melhorar a oxigenação cerebral, auxiliar o tratamento de cefaleia, enxaqueca, vertigem, incontinência urinária, asma, rinite, disfunção sexual, ulceras e flebites.

Principais benefícios e propriedades do ginkgo biloba


A infusão de ginkgo biloba é utilizada no tratamento de vários problemas pulmonares como a asma, o e a bronquite. Esta infusão também mostra bons resultados no catarro e na rinite cronicas, estes benefícios devem-se ao facto do ginkgo biloba ser detentor de propriedades anti inflamatórias, vasodilatadoras e anti alérgicas.

O extracto de ginkgo biloba têm sido objecto de várias investigações, especialmente dirigidas à cura ou alivio do Alzheimer. Têm-se verificado que este melhora a irrigação sanguínea cerebral, provoca a vasodilatação dos vasos sanguíneos cerebrais,  melhora o desempenho dos neuro transmissores cerebrais, previne a formação de coágulos e melhora a utilização da glicose pelo cérebro. Veja o estudo publicado na psychofarmacology. Segundo este mesmo estudo a ginkgo biloba têm a capacidade de melhorar a memoria, a concentração e as capacidades cognitivas em indivíduos saudáveis.

Uma das particularidades desta planta medicinal é que torna torna o sangue menos denso e desta forma facilita a circulação sanguinária. Por tal facto é importante salientar que deve evitar o consumo desta planta ou derivados em conjunto com aspirina, anti inflamatórios não esteróides, warfarina ou ou varfarina um fármaco do grupo dos anticoagulantes. Reduz as dores nas pernas e nos braços que se manifestam em pacientes com insuficiência de circulação dos membros.

Curiosidades sobre o ginkgo biloba


A árvore de ginkgo biloba é apelida de fóssil vivo pelo facto de ser a única sobrevivente de um grupo de árvores desaparecidas há milhões de ano. Ressalta ainda a fama de ter sido a primeira planta a brotar após a destruição provocada pela bomba atómica no Japão, contudo está na lista vermelha das plantas ameaçadas de extinção à acção humana.

A ginkgo biloba é a árvore ideal para espaços públicos, é resistente à poluição atmosférica, tempestades e pragas. Salienta-se principalmente o facto desta planta ter a capacidade de absorver o óxido de enxofre produzido pelos motores de combustão.


Como fazer a infusão de ginkgo biloba


Leve um litro de água a ferver coloque 2 colheres de sopa de folhas de ginkgo biloba, deixe novamente levantar fervura, desligue e abafe por 10 minutos. Tome de duas a três chávenas ao dia.

Contra indicações e precauções da ginkgo biloba


Os efeitos adversos do ginkgo biloba são baixos, porém quando ocorrem manifestam-se geralmente com dor abdominal, náuseas, diarreia, reacções dermatológicas alérgicas e dor de cabeça. Não deve ser usado em pacientes com manifestações de hemorragias, pelo mesmo motivo não deve ser tomado nos períodos de pós e pré cirurgia , devendo parar a toma pelo menos 2 semanas antes da operação.
Devido à falta de estudos comprovados, não se recomenda o uso do ginkgo biloba durante a gravidez e o aleitamento. 
Nenhum comentário:
Postar um comentário

LinkWithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...