18.1.17

Benefícios do óleo de alecrim

Benefícios do óleo de alecrim e como fazer

O alecrim possui poderes terapêuticos importantes e pode ser usado de diversas formas, seja em infusões, seco ou fresco. O óleo de alecrim é uma das formas de utilizar os importantes benefícios do alecrim, têm sido usado ao longo dos século para uma inúmera diversidade de fins.

As melhores vantagens do óleo de alecrim


O óleo de alecrim possui inúmeras propriedades para a saúde, entre elas destacam-se as propriedades anti inflamatórias e calmantes, que permitem melhorar o estado geral. Quando aplicado em massagem é facilmente absorvido através dos poros, o que permite reduzir vários tipos de inflamações como as da artrite, reumatismo e até das hemorróides.

Quando usado em massagem o óleo de alecrim melhora a circulação sanguínea, age como calmante, combate as dores reumáticas e dores musculares. Quando aplicado nas têmporas, testa e nuca, ajuda a aliviar as enxaquecas, o stress e melhora a energia mental.

Outra das grandes vantagens do óleo de alecrim são as suas propriedades anticépticas e antibióticos. Estes atributos permitem uma aceleração na cura e cicatrização de vários tipos de lesões superficiais. O óleo controla os microorganismos e acelera a regeneração da pele.

Aplicado no couro cabeludo, estimula o crescimento dos cabelos, combate a caspa e a queda de cabelo. Realize pequenas massagens e deixe actuar por alguns minutos antes de lavar os cabelos. Poderá também aplicar duas ou três gotas no shampoo e lavar o cabelo normalmente. Veja também: Alecrim para cabelos mais fortes

Melhora os sintomas da gripe e dos resfriados, como tosse, nariz entupido e congestão nasal. Coloque uma a duas gotas de óleo de alecrim  no peito e na garganta a cada três horas e massaje até a pele absorver todo o óleo. No caso do nariz entupido, coloque uma gota de óleo de alecrim de cada lado do nariz, de forma a poder respirá-lo e desentupir as fossas nasais.

Curiosidades sobre o óleo de alecrim


O óleo de alecrim é muito concentrado, como tal deve ser diluído antes de usado, sob o risco de provocar irritações, coceira ou inflamação em pele mais sensíveis.

Este óleo é símbolo da vitalidade, espiritualidade, fidelidade e individualidade, a sua obtenção dá-se por meio da destilação das folhas da planta, mas poderá fazer uma versão caseira menos concentrada, mas não menos importante.

A planta de alecrim pode ser cultivada sem problemas nos climas temperados, mas a sua maior produção com fim ao fabrico de óleos essências verifica-se em Espanha, França e Marrocos.

O óleo de alecrim deve ser evitado por grávidas, no passado ele era usado para provocar o parto.

Como fazer óleo de alecrim caseiro


Vai necessitar de 250 ml de azeite de oliva e uma chávena de folhas de alecrim secas.
Coloque o alecrim e o azeite numa taça refractária. meta a taça dentro de uma caçarola com água e leve ao lume a ferver muito lentamente, por umas três horas. Mantenha o recipiente abafado até a mistura arrefecer. Depois esprema a mistura com ajuda de um pano limpo. Deite num frasco de vidro esterilizado e rolhe bem. Este óleo de alecrim dura no máximo um ano, deve mantido em local fresco e escuro.
Nenhum comentário:
Postar um comentário

LinkWithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...